segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Biscoitos de amêndoa, avelãs e canela - Biscoitos de Natal

Em dezembro, uma amiga alemã veio passar uns dias aqui em casa. Ela me trouxe uma caixa de biscoitos natalinos. Um melhor que o outro. São biscoitos variados, feitos com especiarias como gengibre, canela, cravo, noz-moscada, amêndoas, nozes, perfumados com laranja, limão, anis. Alguns são cobertos com chocolate amargo, ao leite, ou com um glacê de açúcar. Confesso que eu me apaixonei pelos biscoitos! Por todos! E de la pra cá, não sosseguei enquanto não encontrei forminhas para cortar biscoitos, rolo de macarrão para abrir a massa e saco e bico de confeitar para a decoração. Nada disso eu tinha em casa, não tenho o costume de fazer muitas coisas doces (acho que já deu para perceber pelas minhas receitas).
As especiarias, por sua vez, são minhas amigas, e tenho quase tudo em casa (canela, cravo, noz-moscada, gengibre em pó, farinha de amêndoas e nozes).
Resolvi procurar algumas receitas de biscoitos de Natal, e achei uma maravilhosa. A receita das estrelas de Natal com canela, achada aqui. Acabei encontrando outra aqui, que misturava farinha de amêndoas com farinha de avelãs. E foi o que eu fiz.


A receita original é (para umas 40 estrelas):
5 claras de ovo
450g de açúcar
2 colheres de sopa de canela
1 colher de café de gengibre em pó
1 colher de sopa de essência de baunilha (usei 2 colheres de sopa de açúcar de baunilha)
2 colheres de sopa de suco de limão
500g de farinha de amêndoas (amêndoas sem pele trituradas no processador)
eu usei metade farinha de amêndoas, metade farinha de avelãs

Bater as claras em neve bem firme. Juntar o açúcar e bater até formar uma mistura brilhante. Reservar uma xícara de chá para o glacê. No restante, misturar aos poucos a farinha de amêndoas/avelãs misturada com as especiarias. Juntar o suco de limão e a baunilha e misturar bem. Cobrir com papel filme e deixar descansar na geladeira por pelo menos 1h, o tempo que a massa endurece um pouco.
Passada 1h, abrir a massa numa superfície polvilhada com açúcar para que ela fique com uma espessura de 1cm, mais ou menos. Cortar as estrelas e colocar numa folha de papel manteiga. Molhar o cortador e as mãos na agua pode ajudar a massa a não grudar. Quando acabar a massa, cobrir todas as estrelas com o glacê separado e deixar secar uma noite.
No dia seguinte, assar as estrelas em forno pré-aquecido a 160°C rapidamente. No meu forno, deixei 12 minutos. O glacê não deve escurecer, as estrelas ficam crocantes por fora e macias por dentro.

Fazer estrelas é muito bom, muito bonito. Mas confesso que eu não consegui! Até o ponto de abrir a massa e cortar as estrelas, tudo bem. Mas depois as estrelas ficavam grudadas e se deformavam no momento de levar para a assadeira. Acabei fazendo bolinhas com as mãos ao invés de estrelas e colocando uma gotinha de glacê em cima.


Para solucionar isso, tenho duas propostas: ou colocar um pouco mais de farinha de amêndoas na massa, ou abrir a massa diretamente numa folha de papel manteiga, cortar as estrelas e retirar o excesso. Não sei se funciona, mas da próxima vez, eu vou tentar. Sim, porque vai ter uma próxima vez!

O resultado é maravilhoso, uma parte dos biscoitos foi devorada em dois tempos pelos colegas de trabalho. A outra parte serviu para presentear uma amiga querida, junto com alguns Rochers de Coco, receita feita aqui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...