segunda-feira, 26 de março de 2012

Compota de frutas secas

Essa semana acabei descobrindo que minha reserva de geleia/compota de frutas, que eu sempre como com iogurte natural, tinha acabado. Resolvi fazer algo com algumas frutas secas que eu habitam a minha geladeira.


Procurei algumas receitas na net de doces/compota/geleia de frutas secas (damasco, ameixa, passas). Encontrei variações enormes. Umas com açúcar, outras com mel, manteiga, outras sem nada. Umas com água aromatizada com canela, cravo, chá (preto ou infusão de flores e frutas), suco de laranja, limão, ou as raspas, baunilha, conhaque... as frutas misturadas, outras separadas, inteiras, cortadas em pedacinhos ou trituradas, misturadas com castanhas, nozes, amêndoas...
Resolvi fazer com o que eu tinha em casa: damasco, ameixa, uva-passa. Pode ser com figo, com tâmaras, ou qualquer outra fruta seca. Ficou bem light e fácil de fazer.

O primeiro passo foi escolher como fazer minha compota. Primeiro, as frutas separadas, cozidas em duas panelinhas diferentes e depois, trituradas no liquidificador ou no mixer (varinha mágica). Nada me impede de misturá-las depois. Num iogurte natural, por exemplo...
Aromatizei de forma diferente para sentir o sabor de cada uma. E são bem diferentes mesmo!

Compota refrescante: damasco seco + gengibre fresco ralado + suco e raspas de um limão siciliano
Levei ao fogo uma panelinha com os damasco (200g) e água aromatizada (até cobrir os damascos) com suco e raspas de um limão, 2 colheres de sopa de açúcar e juntei gengibre fresco (uns 2 cm) cortado em pedacinho que desapareceram quando passei no processador.


Compota cravo e canela: ameixa seca + uva-passa + canela em pau + cravos
Levei ao fogo uma panelinha ameixas secas (300g) e passas (150g) com água até cobrir. Aromatizei a água com um saquinho de infusão maçã e canela (que na verdade, lendo a composição tem mais hibisco do que outra coisa para dar a cor), juntei um pau de canela e uns cravos. Sem açúcar mesmo, nem precisou.

Usei um pouco de açúcar só em um dos casos, mas se não quiserem botar, nem precisa. As frutas já são doces o suficiente e as especiarias estão lá para serem saboreadas. Mas fiquem à vontade para usar.
Nos dois casos, levei ao fogo baixo durante uns 30 ou 40 minutos, até que água secasse um pouco e a calda ficasse espessa. Passei no processador e coloquei em potes de vidro.


Como dica de uso, preparei uma taça com iogurte natural sem açúcar e sem gordura, juntei um pouco de compota de damasco refrescante e joguei uma colher de gérmen de trigo por cima. Quem quiser, pode ainda colocar um pouquinho de mel.
Uma sobremesa elegante, saborosa e refrescante, para os dias de sol e calor que estão chegando.

Outra ideia é para acompanhar um bolo simples, ou esse de especiarias, feito aqui

Usei em uma sobremesa, mas tenho certeza que com uma torradinha e um pedaço de queijo essas compotas ficarão maravilhosas.


8 comentários:

  1. Excelente ideia amiga nunca me tinha atravessado no pensamento, esses doces devem ser fantàsticos, amei!

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beth
      Achei na internet varias dicas de compota, mas juntei o gengibre, limão, cravo e canela por minha conta mesmo, porque adoro especiarias.
      Espero que tenha gostado.
      Beijos

      Excluir
  2. Oi Kati,
    Adorei o novo visual do seu blog e essa receita está com uma cara ótima, meu marido vai ficar louco quando eu fizer essa receita (ele ama damascos!). Mas tenho uma dúvida: você já experimentou essa receita com limão taiti, porque aqui é difícil de encontrar o siciliano.
    E quanto a salada de repolho tropical, pode fazer que você não irá se arrepender!

    Beijos,
    Vânia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vânia,
      nunca testei com limão taiti, porque eles aqui são muito mais caros. Mas tenho certeza que também fica bom. Lembrando que o limão siciliano dá mais suco, mas talvez seja menos ácido. Então acho que são equivalentes.
      Agora que o tempo aqui começou a esquentar, vou fazer mais saladas, sim. Quem sabe a de repolho...
      Beijos

      Excluir
  3. Adorei a receita Kati, aqui em casa amamos damasco e com o gengibre deve ter dado um toque especial. Todas estão lindas e sem dúvida nenhuma deliciosa. Gostei muito. Beijinhos ótima semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Josy
      Eu fui generosa no gengibre nessa receita, porque adoro o sabor dele. Pensei que fosse ficar mais forte, mas ele ficou na medida certa! Na hora de passar pelo processador, é bom ficar atenta aos pedaços maiores, e processar até que eles desapareçam. Assim quem não gosta muito do ardido não corre o risco de morder um cubo.
      Beijos

      Excluir
  4. Hummmm deu vontade de experimentar essa compota de damasco, com gengibre então, fantástica!!!!

    Bjo,
    Boa semana moça!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renata,
      A compota de ameixa ficou muito boa, mas a de damasco ficou excelente!!! Recomendo mesmo!
      Beijo

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...