domingo, 27 de maio de 2012

Caldinho de feijão - feijoada no dia seguinte

Sabe aquela feijoada que fazemos para receber os amigos? Aquele panelão que serve bem todo mundo e ainda sobra a metade?

Pois bem, se você também cansou de comer feijoada nos dias seguintes e quer mudar a cara dela, a minha dica é um caldinho de feijão.


Ele funciona muito bem como petisco, sabe aquele caldinho que abre o apetite? Ou então como uma boa sopa à noite, para aquecer a alma e fazer um carinho no estômago.

A inspiração vem das praias recifenses, bem como os bares, que são cheios de caldinhos para agradar os clientes. Pode ser de feijão, de camarão, de peixe, de sururu, de caldeirada...

Eles são servidos acompanhados de ovo de codorna, charque (pode ser calabresa picadinha e assada ao forno ou camarão, se for de frutos do mar), torresmo, milho, ervilha, farinha, azeitona, à escolha do cliente!

Mas eu prefiro um purinho, mesmo, sem muita frescura...

Aproveite que a feijoada está fria, depois de passar a noite na geladeira, por exemplo, para retirar o excedente de gordura. A gordura é mais leve que a água, e se solidifica mais rápido. Então a camada que fica em cima da feijoada (isto serve também para outros pratos) pode ser completamente retirada com uma colher, deixando sua feijoada mais leve e de mais fácil digestão.

Depois, basta separar as carnes do feijão com seu caldo. Picar as carnes, bater o feijão com o caldo no liquidificador ou com um mixer, misturar tudo e levar ao fogo até ferver. Servir em seguida.

Um comentário:

  1. Olá Kati,
    O caldinho de feijão é ótimo em qualquer situação, como reaproveitamento ou não do feijão, aqui é sempre bem recebido.
    Beijo,
    Vânia

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...