quarta-feira, 20 de junho de 2012

20) As minhas leituras de verão (Amantes do Verão)

20) As minhas leituras de verão:

Gosto muito de ler. Creio que este meu gosto pela leitura veio da época em que eu estava começando a formar as palavras, as frases. Tinha uma tia que era professora, e sempre me dava livros. Mas livros ativos. Daqueles em que a gente participa da história. Pintado a galinha, personagem principal, na página do meio, ou ligando os pontinho para formar o jacaré, seu amigo... Coisas assim. Isso despertou um interesse fenomenal. Ao ponto que eu era rata de biblioteca na escola. Trazia para casa os volumes completos da coleção de Monteiro Lobato, que parecia uma enciclopédia. Um por dia. E lia inteiro!

Também li toda a coleção Vaga-lume, ou quase. E muitos livros do Pedro Bandeira, e dos contos da Lygia Fagundes Telles. Poesias de Florbela Espanca, Clarice Lispector ou Cecilia Meirelles. Um dos meus preferidos da prosa sempre foi Fernando Sabino.

Depois de maiorzinha, comecei a literatura mais adulta, Machado de Assim, Eça de Queiroz, Aluízio de Azevedo, Graciliano Ramos, meio influenciada pelo colégio. De vez em quando pegava Agatha Christie ou Sidney Sheldon. Muitas vezes os dois ao mesmo tempo.

Na faculdade, além dos livros de Física e Matemática, ainda mantinha o gosto pela literatura. Li e reli O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry, me emocionando a cada vez. Passei pela literatura latino-americana, de Isabel Allende, Gabriel Garcia Marquez e Pablo Neruda. Agora estou mais frequentemente em Eduardo Galeano, com livros que todos os latino-americanos de respeito deveriam ler.

Atualmente, estou lendo Notre Dame de Paris, de Victor Hugo. Mas a um ritmo bem lento, confesso.

Como leitura de verão, no entanto, recomendo um outro mais leve, que pode entrar profundamente no lado espiritual de quem se sentir tocado: Comer, Rezar (ou Orar, em Portugal) e Amar (Eat, Pray, Love: One Woman's Search for Everything Across Italy, India and Indonesia) da Elizabeth Gilbert. O livro virou filme com Julia Roberts em 2010.

 Fonte.

Um comentário:

  1. Oi Kati,
    Ler faz-nos viajar, aprender, abre-nos novos horizontes, também adoro ler.
    Beijo,
    Vânia

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...