terça-feira, 19 de junho de 2012

Fondue de queijo

Esta poderia ser uma sugestão para o dia dos namorados. Mas pode perfeitamente ser um jantarzinho especial e afetuosos, feito num dia "normal" para uma pessoa querida, seja um namorado, um marido, uma mãe, uma amiga, alguém que você aprecie o suficiente para ter um jantarzinho bem acolhedor e íntimo. Porque é com esta pessoa que você vai dividir a panela (literalmente). E isso não é para qualquer um, né?



Fondue significa fundido, derretido. Tradicionalmente, é feito com queijos derretidos no vinho branco seco, com uma pitada de um álcool forte (um tipo de aguardente de cereja). Para que a misture derreta e fique homogênea, é preciso uma fonte constante de calor, uma espátula e uma mão vigorosa! Os movimentos com a espátula devem fazer a forma de um 8, com cuidado para o queijo não grudar no fundo da panela.

A panela, por sua vez, deve ser de cerâmica, de ferro, algum material grosso que mantenha o calor. Pode ser inox para quem não tiver outra. Mas panela de alumínio deve ser evitada. Muito fina para este uso.

A fonte de calor pode ser um fogareiro, daqueles de álcool, ou uma placa elétrica (o meu caso). O importante é que deve-se poder controlar a intensidade do calor. Muito calor no inicio para ferver o vinho, derreter os queijos, e de moderado a suave depois, para manter o prato aquecido.

Os queijos devem ser combinados para dar textura e sabor à fondue. Textura porque ele deve contribuir para uma liga homogênea (que nem sempre se consegue obter). Em outras palavras, deve ser um queijo que derrete, formando um puxa-puxa. Nada de colocar queijo coalho, por exemplo. Ele não forma o puxa-puxa e nem derrete bem. O ideal é um queijo com gosto suave, para não ficar muito enjoativo. Por isso, o emmental e o gruyère são ideais. A fondue pode ser feita somente com eles (ou outros equivalentes, de sabor suave e puxa-puxa).

Depois, em opção, pode-se usar um queijo para dar um sabor especial, usado em menor quantidade. Neste caso, pode ser queijo de cabra (que derrete bem), um roquefort, gorgonzola ou outro azul, um provolone defumado (que além de derreter bem, é saboroso), um camembert ou brie sem a casca (que é bastante forte e derrete bem). Neste caso a fondue vai ser aromatizada com o queijo em questão. Escolha somente UM deste tipo para a fondue não virar um desastre!

Este prato não tem carne. Isso não significa que seja light. Muito pelo contrário. Queijo é feito em grande parte de gordura, lembra? Mas não significa que ele não possa ser saudável. Eu tentei fazer uma versão mais nutritiva, e consequentemente mais leve. Ao invés dos acompanhamentos habituais, o pão e da batata, juntei outros legumes, como cenoura, abobrinha e tomate. Para uma fondue de camembert ou brie, por exemplo, algumas frutas como maçã e pera caem muito bem.

Para esta fondue, que serve bem 3 ou 4 pessoas, usei:
300g de queijo emmental ralado grosso (derrete bem, muito puxa-puxa, sabor suave)
300g de queijo comté ralado grosso (derrete bem, menos puxa-puxa, sabor mais pronunciado)
300mL de vinho tinto seco (usei um Pinot Blanc da Alsácia, que é bem perfumado e frutado e combina perfeitamente com estes queijos)
40mL de cachaça (no lugar da aguardente de cereja, que eu não tinha)
1 dente de alho (sem o gérmen)
1 colher de sopa de maisena ou fécula de batata para engrossar (não usei)
pimenta do reino
alguns grãozinhos de pimenta rosa (opcional, mas dá um sabor incrível)


Acompanhamento:
pão (de preferência daqueles de casca mais grossa, feito italiano, dormido, meio duro) cortado em cubos
batatas (usei batata bolinha com casca, mas pode ser batata normal, com casca mesmo)
cenoura e abobrinha em cubos
tomate cereja (pode ser o normal, cortado em cubos, mas sem as sementes)


Cortar os legumes em cubos grandes, ou rodelas grossas (no meu caso, a cenoura e a abobrinha). Cozinhar separadamente (porque cada um tem um ponto diferente) até que fiquem cozidos mas ainda ainda bem firmes. Arrumar os legumes, cada um em uma tigelinha.



Enquanto isso, esfregar o dente de alho cortado ao meio no fundo e nas laterais da panela. Deixar o dente de alho na panela, se quiser. Juntar o vinho branco, a pimenta do reino e a pimenta rosa. Levar ao fogo alto. Quando ferver, juntar os queijos, previamente ralados, e a maisena (não usei) e mexer com uma espátula, formando um 8, até derreter o queijo todo. Juntar a aguardente e continuar mexendo até ferver. Levar a panela à mesa (mantê-la aquecida, em fogo baixo, mexendo de vez em quando) e servir com os acompanhamentos. Os acompanhamentos são espetados num palito de churrasco ou num espeto próprio para fondue e mergulhados no queijo, com o cuidado de não deixá-lo cair dentro da panela.

 

Aqui na França, é um hábito entre as pessoas de mandar pagar uma prenda a quem deixa o acompanhamento cair na panela!

Servir com um bom vinho branco, ou tinto, dependendo do queijo usado.

Só mais um detalhe importante. Quando servir fondue no prato principal, nunca servir bebidas geladas nem com gelo. Preferir bebidas quentes, e sempre servir chá, café ou mesmo chocolate quente depois. Isso porque as bebidas geladas vão fazer com o queijo endureça no estômago, o que vai causar um desconforto e mesmo dores abdominais. Uma bebida quente, pelo contrário, só tende a ajudar na digestão.




6 comentários:

  1. Bom dia Kati,
    Aprecio muito fondue e adorei a ideia de acompanhar com legumes em vez de pão, as dicas também foram ótimas, parabéns.
    Beijo,
    Vânia

    ResponderExcluir
  2. Kati querida! Fondue é uma delicia, concordo com a Vânia, adorei a dica dos legumes em vez do pão!
    Post cheio de dicas!

    Beijos, bom dia
    Ana Claudia
    www.anaclaudianacozinha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Kati, como vai?

    Que blog mais lindo, que delícia de fondue, que capricho nos detalhes e que sorriso gostoso na sua foto de perfil. Virei mais vezes espiar tuas delícias!!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sandra!
      Sinta-se em casa para espiar!
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Kati. Que delícia de fondue e ainda mais saudável!! Sou super fã de queijos e fico sempre babando nas suas receitinhas com cada queijo gostoso! E, ainda diretinho do melhor lugar para queijos, que privilégio!!

    Abraços, Fabiana.
    http://sabornoprato.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Uma excelente dica. Quem gosta de queijo se derrete com essa sua proposta. Ai que inveja. rsrs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...