quinta-feira, 5 de julho de 2012

Boeuf bourguignon (carne ao vinho tinto)

Este é um dos clássicos da culinária francesa, a carne cozida no vinho tinto. Além do vinho, que dá um sabor delicioso, cor e ajuda a encorpar o molho, a receita também conta com cogumelos, que são igualmente perfumado, e bacon (opcional) para dar um sabor mais forte ao molho. Cenouras e batatas são cozidas juntas e servem de guarnição para o prato. Mas ele também fica muito bem acompanhado com massa fresca ou purê de batatas, por exemplo.



Para a marinada:
1,5kg de carne (músculo, paleta ou alguma carne mais dura que suporte bem o cozimento)
3 cenouras grandes em rodelas
2 cebolas cortadas ao meio, espetadas com 2 cravos cada uma
750mL (uma garrafa) de vinho tinto seco honesto (não precisa ser caro, mas um razoável)
2 folhas de louro
uma pitada de tomilho, sal e pimenta do reino
água, se necessário

Outros ingredientes:
azeite
2 colheres de sopa de farinha de trigo
1,5kg de batatas
1 cebola picada
300g de cogumelos frescos (separar os cabinhos, picá-los, fatiar os chapéus somente na hora de usar, senão escurece)
200g de bacon (magro, de preferência)
1 cubo de caldo de carne
água, se necessário
salsa (usei da minha horta na varanda)

Marinar a carne por uma noite, ou mais (atenção para cobrir completamente os pedaços de carne com a marinada, se o vinho não for suficiente, juntar água). Quanto mais tempo melhor. Escorrer os pedaços de carne (numa peneira), e apertar um pouco, até que fique sequinho. Se precisar, enxugar com um papel toalha. Dourar os pedaços de carne no azeite quente, dos dois lados. Reservar. Na mesma panela, dourar a cebola da marinada picadinha e sem os cravos. Juntar os pés dos cogumelos picados. Quanto a cebola estiver dourada, juntar a farinha de trigo e mexer um pouco até que doure. Juntar a marinada e mexer bem. Juntar os pedaços de carne. Quando ferver, baixar o fogo e deixar cozinhar em fogo bem baixinho por pelo menos 1 hora (eu deixei umas 2 horas no fogo mais baixo possível). Se necessário, acrescentar água.


Depois deste tempo, descascar as batatas e juntá-las à panela. Em uma frigideira, dourar o bacon na sua própria gordura. Juntar as cebolas e refogar mais um pouco. Juntar os chapéus dos cogumelos fatiados. Quando murcharem, desligar o fogo e juntar à panela. Nesta hora, juntar também os cabinhos da salsa bem picadinhos. Deixar cozinhar por pelo menos mais 1h. Deixar as folhas da salsa para acrescentar na hora de servir.


Este é um prato completo. As batatas que cozinham dentro do molho servem de acompanhamento para o prato. Pode-se reduzir a quantidade de batatas do cozimento se for servir o prato com arroz, massa fresca ou purê.

20 comentários:

  1. Ando anciosa por fazer este prato!!
    Ficou com optimo aspecto

    bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana
      O resultado fica muito bom. O segredo é escolher uma carne boa, acho que paleta é o ideal (retirando as partes duras e o excesso de gordura).
      Beijos

      Excluir
  2. Olá Kati,
    Sempre tive uma simpatia especial pelo vinho tinto em alguns pratos pois intensifica o tempero, tornando-o mais saboroso, como nesta suculenta e deliciosa carne, ótima receita.
    Beijo,
    Vânia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vânia
      Eu acho que o vinho tinto combina bem com a carne bovina, os francesas sabem mesmo o que fazem! Beijos

      Excluir
  3. Que delícia, carne já é bom e ao vinho tinto! Delícia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é...acompanhado de uma taça de vinho, melhor ainda!
      Beijos

      Excluir
  4. Sempre que ouço algo sobre esse prato, calho de lembrar da Julia Child (bendita cinematografia). É um prato fabuloso, desses que começam com seu charme pelo nome e se revelam em doses e garfadas maravilhosas. Adorei a receita, vou levar comigo! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andréa, já ouvi falar da pessoa (e do filme, que eu não vi), mas sem mais detalhes. Mas se ela disse que era bom, ela tem razão!
      Beijos

      Excluir
  5. Olá!
    Que de delícia essa receita! Deve ter ficado muito gostoso! Já estou te seguindo, venha conhecer meu blog e se quiser me seguir também, vou ficar muito feliz.
    beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafaela, sinta-se em casa aqui no blog.
      Beijos e obrigada pela visita. Vou retribuir.

      Excluir
  6. Oi Kati. Eu nunca experimentei carnes feitas com vinho tinto. Fiquei com água na boca, parece delicioso!!!

    Abraços, Fabiana.
    http://sabornoprato.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabiana
      Vale a pena provar...o vinho tinto deixa um sabor delicioso na comida, até mesmo no molho de tomate!
      Beijos

      Excluir
  7. Respostas
    1. Oi Daiana
      Seja bem-vinda ao blog.
      Obrigada pelo comentário.
      Beijos

      Excluir
  8. Nunca fiz nem provei este prato mas tenho imensa vontade de fazer ambos.
    O aspeto do seu é mais do que perfeito, amei!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Narwen,
      é um dos clássicos da cozinha francesa, merece ser provado...demora um pouco no fogo, mas fica bem bom!
      Beijos

      Excluir
  9. Tão bom, tão bom, tão bom!
    Até lhe sinto o cheirinho!
    BJs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lenita,
      o cheirinho dele passou através da tela! Que bom!
      Beijos

      Excluir
  10. TEM UM ASPECTO SUPER DELICIOSO, E TEM MOLHO QUE EU ADORO...
    BJ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São,
      sobrou um pouco do molho, que eu guardei para comer com pão. Uma delícia!
      Beijos

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...