segunda-feira, 23 de julho de 2012

Magret de pato com pêssego

O magret de pato é um prato chique e festivo por definição. Mas eu encontrei uma promoção que me ajudou a tornar este ingrediente em prato festivo do fim de semana. O famoso peito de pato é uma carne saborosa que se presta perfeitamente às alquimias do agridoce. Eu adoro!

Depois que eu matei meu desejo de comer o famoso "canard à l'orange" que eu fiz aqui, aproveitei somente o molho para usar sobre um outro magret. A ideia de servir com pêssegos veio de um almoço na casa de uma amiga. A mistura me surpreendeu e me deixou babando! Uma delícia! Falei sobre ele quando publiquei os pêssegos caramelizados com sorvete, seguindo a mesma ideia.



Usando uma faca bem afiada, cortar levemente a pele/gordura do magret em xadrez. Este procedimento facilita que a gordura derreta e possa ser retirada.

Lembrando bem que esta gordura é muito saborosa, podendo ser usada para refogar batatas, outras carnes. ou no meu caso, o pêssego fresco, que serviu de acompanhamento ao pato.

Depois da pele devidamente cortada em xadrez, levar o pato ao fogo numa panela bem quente, sem gordura, pele voltada para baixo. Deixar 7 minutos, escorrer a gordura e virar de lado, deixar mais 4 minutos. Neste momento, juntei os pêssegos cortados em 6 e deixei dourar, virando de lado depois de alguns minutos. Retirar o pato, fatiá-lo.

Eu servi com os pêssegos e com o molho de laranja, feito aqui. Um regalo!

5 comentários:

  1. hummmmm que delicia querida ..essa sua receita esta de parabens eu particularmente adoro ..mas minha familia torce o nariz ..ái fica dificil de fazer né ..o seu esta maravilhoso ..parabens epla receita bjinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sadhia,
      meu pai e meu irmão também não comem pato... não sabem o que estão perdendo! Sobra mais para os outros, que adoram.
      Beijos

      Excluir
  2. Kati nunca provei pato vc acredita? Mas já ouvi falar muito nessa receita, e nem sabia que a gordura poderia ser aproveitada, bom saber. Esse prato ficou lindo,parece bem suculento e delicioso. Adoro sabores agridoces. Vou experimentar qualquer dia o pato. Bonito prato,bjos excelente semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Josy,
      pato é tradição aqui na França, mas antes de vir para cá eu também nunca tinha comido. A gordura é famosa, e é mesmo vendida nos supermercados em potinhos. Não podemos exagerar, mas ela realça o sabor dos alimentos.
      Se você provar, me conta como foi a experiência.
      Beijos

      Excluir
  3. Verdadeiramente delicioso e tentador!

    beijinhos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...