quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Nhoque de abóbora que não deu certo

Este daqui eu preciso compartilhar com vocês.

Depois de eu ver várias receitas de nhoque de abóbora ( a do blog Na Minha Panela, a do blog Pecado da Gula, a do Gourmet et Gourmand, ou a mais recente do Cantinho Virtual da Nina), e ainda entusiasmada com o sucesso do meu nhoque de batata, resolvi fazer.

Domingo fui no mercado e comprei um pedaço bem bonito de abóbora. Esta semana, chegando em casa depois do trabalho, resolvi preparar o tal nhoque.

Quando eu cortei a abóbora para descascar, percebi que ela era daquele tipo "fiapenta", sabe? Cheia de filamentos, não somente na parte das sementes, mas ele toda, até chegar na casca, era assim! Resolvi cozinhar mesmo assim, e deixar o receio de lado.

Quando ela cozinhou, e eu fui espremer, não saiu nada pelo meu espremedor de batatas. Nada além de água. Os filamentos ficaram retidos no espremedor... Foi ai que eu comecei a pensar que a receita de nhoque não ia dar certo.

Mas como eu sou teimosa, tentei mesmo assim! Juntei 1 ovo, sal, noz moscada ralada na hora e comecei a juntar a farinha de trigo aos poucos.

Na verdade eu tinha até esperança que desse certo, e que eu finalmente tivesse encontrado uma receita para usar esta tal de abóbora "fiapenta"!


Mas depois de juntar meio quilo de farinha de trigo, e a massa não mudou em quase nada do ponto inicial, eu me dei por vencida. A massa estava cada vez mais elástica, mole e sem nenhuma cara de nhoque.


Ainda fiz uma tentativa frustrada de fazer croquetes, juntei um pouco de sal e de tomilho. Vocês já devem ter percebido que eu detesto estragar alimentos. Mas a danada da massa não queria nada comigo! Não deu certo de jeito nenhum!

Os filamentos da abóbora não ajudaram em nada. Deixo aqui a dica para quem quiser se aventurar na cozinha com o nhoque de abóbora: nunca usem este tipo de abóbora! Da mesma forma que para nhoque de batata deve-se usar a batata do tipo que se esfarela, mais seca, para o nhoque é a mesma coisa. A abóbora deve ser de um tipo carnuda, que fique bem em purês.

E peço ajuda, se alguém conhecer esta tal abóbora (tenho certeza que ela deve atender por algum nome estranho, que eu desconheço), peço o favor de me dizerem como identificá-la e principalmente, se ela tem salvação (leia-se receita ou uso culinário).

16 comentários:

  1. Nunca fiz amiga, nem nunca comi, não posso julgar mas pelo aspecto me parece ser bem delicioso!

    Bjs e coragem para a procima

    ResponderExcluir
  2. Nem tudo sai como queremos. Aqui acho que ha essa abobora, é a que os suiços usam para fazer sopa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Kati,
    Caso tenha abóbora sem ser temperada imagino que deveria ficar boa num doce de abóbora, ou numa sopa creme deve ficar muito saborosa.
    Beijo,
    Vânia

    ResponderExcluir
  4. ai minha nossa senhora, minha boca encheu d'água agora...


    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Kati, só comi Nhoque, uma vez na vida e não gostei. Faz muitos anos.
    Acho muita massa, daí, nunca mais ter experimentado.

    ResponderExcluir
  6. Olha...quando eu tava fazendo o curso de cozinha fiz um nhoque de abobora com carne de charque que as pessoas amaram. nao me lembro da receita, pois foi como uma prova que nao podiamos seguir receitas, mas me lembro que era uma receita super simples e macia. Sei que pode dar certo. Nao desista.

    Beijinhos

    http://virandocomida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Kati,

    É muito frustrante fazer uma receita que não dá certo, né? Mas isto acontece com todos, sobretudo se a gente não tiver à mão o ingrediente certo. Na próxima vez, espero que você encontre uma abóbora mais 'carnuda' como a cabotchan. Outra dica é secar um pouco a poupa da abóbora no fogo, antes de misturá-la aos demais ingredientes.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  8. Oi,
    Apesar de tudo, ficou com bom aspeto e devia estar deliciosa de sabor :)
    Susy

    ResponderExcluir
  9. Kati minha querida, com esse preparado vc colocava em formas e fazia uns belos mufins de abobora... nao sei com que abobora vcs fazem mas aqui carnudas só temos a que chamamos meninas!!!!!

    Beijocas

    margarida

    ResponderExcluir
  10. Kati,
    já aconteceu muito comigo, isso é normal.
    Talvez se vc colocasse um pouquinho a mais de farinha de trigo
    a massa poderia dar liga e levá-la ao fogo como se fosse fazer
    coxinhas, rsrs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Kati que pena que não deu certo, mas às vezes é assim não conseguimos REUSSIR sempre não é mesmo, te digo que já tentei 3 receitas diferentes de croissants e até agora não conseguir um bom resultado, o jeito é não desistir rsrs.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Ai Deus.. eu queria muito fazer um nhoque de abóbora.. porque imagino que o sabor seja nota 1000, ainda mais depois que vi no blog da nossa querida Josy sr
    Ai que ficou lindo por demais..

    Que pena amiga que não deu ponto...
    Imagino que a abóbora japonesa seja perfeita para o nhoque né?
    Pelo menos no purê fica divina.

    E eu que queria fazer um bobó dentro da abóbora... fui eu toda.. toda.. comprei minha abóbora e pesquisei na net como fazer, li em algum lugar que não lembro onde que deveria cozinhar a bendita por 40 minutos.. kkkkkkk
    Quando desliguei a panela de pressão tinha um verdadeiro purê aguado de abóbora com sementes boiando na água.. fiquei tão tristinha kkkkkk
    Outra hora tento de novo kkk

    Beijokas

    ResponderExcluir
  13. Kati, ando com vontade de preparar nhoque de abóbora, mas ainda não tive coragem de testar... rsrs... uma hora dá certo...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Kati, parece que está na época da abóbora "fiapenta", por aqui só encontro dessas! Não sei se não está na época, sei lá. Costumo comprar o pedaço de abóbora cortada, identificada como "abóbora madura" e elas são assim, de época. Às vezes estão bem compactas e doces, outras não. Terrível para as receitas, rs. Para abóbora fiapenta, só doce de abóbora - aliás, fica ótimo, os fiapos dão textura - ou assada aos pedações. Tomara que encontre uma abóbora boa, já fiz nhoque de abóbora (a famosa receita da Josy) e fica uma delícia. Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Ai menina, fico tão frustrada quando as receitas não dão certo... Mas acontece e sei que acontecerá. Ainda bem que quando dão certo compensam mil vezes 1 tentativa frustrada né? Achei sua tatin de maçã linda! Beijos, Paula

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...