segunda-feira, 29 de julho de 2013

Escondidinho de charque com batata

Fiz este escondidinho para aproveitar a charque embalada a vácuo que viajou comigo na mala do Brasil até a França. O meu último pacote da reserva foi usado aqui. A receita é simples, mas o charme ficou por conta da apresentação em tigelinhas individuais.

Apesar do calor, este prato foi muito apreciado. E como eu fiz em porções individuais, congelei uma parte para comer quando a temperatura estiver mais amena.

Deixo esta receita aqui especialmente para os meus amigos brasileiros que estão em pleno inverno, com dias frios, chuvosos e precisando de uma comida quentinha.


Ingredientes:
500g de charque (carne seca) retirar toda a gordura
cozida num caldo feito com
1 cebola inteira, espetada com 4 cravos
cascas de cenoura
alho-poró (somente a parte verde)
folhas de salsão
1 folha de louro
tomilho
água até cobrir a carne e mais dois dedos

Cozinhar a charque numa panela de fundo grosso com todos os ingredientes acima, até que ela fique bem macia, se desfiando. Separar a carne do resto do caldo. Coar o caldo e descartar o resto dos ingredientes. Desfiar a carne. Reservar.

Para o purê:
1kg de batatas para purê
1 colher de sopa de manteiga
1 pitada de noz moscada
sal, pimenta do reino
leite o quanto baste
1 cebola picada
salsa picada
azeite
queijo cremoso (catupiry ou outro equivalente)

Cozinhar as batatas descascadas no vapor. Quando estiverem bem macias e ainda quentes, passar no espremedor de batatas e juntar a manteiga, a noz moscada, o sal e a pimenta do reino e misturar bem. Adicionar o leite em pequenas quantidades, misturando bem até dar a textura desejada.

Numa panela, dourar a cebola no azeite. Juntar a carne desfiada e deixar mais alguns minutos. Desligar o fogo e juntar a salsa picada.

Para a montagem: numa tigelinha ou ramequin, coloque uma camada de charque desfiada, um pouco de queijo, e cubra com o purê de batatas.


Levar ao forno para gratinar e servir quente.


Este prato pode perfeitamente ser congelado. No momento de servir, descongelar por alguns minutos no micro-ondas em potência bem baixa, antes de levar ao forno.

22 comentários:

  1. Que bom aspecto, adorei assim cada um na sua tacinha fica bem bonito

    ResponderExcluir
  2. Oi Kati segunda receita com carne seca hoje e vou repetir em casa adoramos este ingrediente que o diga meu marido.

    bjs

    Gélia

    ResponderExcluir
  3. Há apresentado assim em porções individuais ficou ainda mais apetitoso,

    bjs

    Gélia

    ResponderExcluir
  4. Katita, realmente aqui está muito frio, um prato desses cairia muito bem no jantar.
    beijos, boa saemana

    ResponderExcluir
  5. Kati querida, adoro escondidinho de charque, e achei uma graça assim individuais, e o que é melhor pode-se congelar o que torna tudo mais fácil. Ficaram lindas suas tigelinhas, no calor ou no frio, aceitaria de bom agrado. Obrigada pela força e carinho lá no meu cantinho viu? Beijos, ótima semana amiga

    ResponderExcluir
  6. Ai Meu Deus, que delícia de escondidinho!!!!! Gostaria de encontrar carne seca aqui para fazer essa delícia de receita!!!!! Parabéns, estou com água na boca com essa receita,viu?
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosângela, eu nunca encontrei aqui, nem mesmo em lojas de produtos brasileiros. O jeito é trazer do Brasil embalada a vácuo (e pedir aos meus visitantes).
      Beijos

      Excluir
  7. Esse escondidinho ficou uma maravilha.
    Por aqui nunca vi carne seca mas tenho curiosidade em provar.
    Boa semana
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Menina vou fazer como você, quando irei ao Brasil vou trazer kilos e kilos desta carne na mala, pq fico vendo receitas com carne seca e fico aqui só babando e na vontade rsrs, a apresentação ficou um charme viu, bjs !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sol, é o que eu faço! E também sempre que um amigo ou parente vem pra cá, eu peço pra trazer. Nem sempre eles trazem, mas quando algum traz eu fico feliz da vida!
      E pode ficar tranquila, porque já tive uma amiga minha que trouxe e que a mala dela foi revistada na alfândega. A charque embalada a vácuo não deu nenhum problema, passou tranquilo.
      Beijo

      Excluir
  9. Kati,
    hoje estamos em sintonia com a carne seca, rsrs.
    Seu escondidinho ficou perfeito, as fotos estão
    lindas e tentadoras, arrasou!

    Bjs, ótima semana!

    ResponderExcluir
  10. oi Kati,ficou com carinha de quero uma tigelinha bjs Rosinha

    ResponderExcluir
  11. Um miminho essas tacinhas... e devem ser deliciosas!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Bom dia Kati,
    Uma forma muito nobre de utilizar a charque sem dúvida ficou um prato delicioso.
    Beijo, boa semana,
    Vânia

    ResponderExcluir
  13. Olá Kati:)

    Esse escondinho ficou com o aspecto fantástico. Deve ser uma delícia! Adoro puré de batata e assim apresentado não resistia não:)

    Boa semana!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Que bom aspecto com que ficou este escondidinho!
    Está mesmo bonito!
    E assim em tacinhas individuais fica muito prático.
    Um beijinho

    ResponderExcluir
  15. Oi Kati. Seu escondidinho ficou com um aspecto delicioso!

    Abraços. Fabiana.

    ResponderExcluir
  16. Kati,

    Ficou lindo!! Eu sou daquelas que fica namorando um ingrediente. Aí faz tudo com ele até enjoar. No momento tô meio enjoadinha de charque rsrs. Tomara que passe logo pra eu fazer um Escondidinho assim, bem chique, individual.. rs

    Beijoooooooooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosana, eu sou assim também.
      Mas guarda a receita para fazer quando der vontade. Ou então faz com outro ingrediente.
      =)
      Beijo

      Excluir
  17. Aqui em São Paulo (Brasil), há um restaurante muito bom para comer escondidinhos no estilo, o Canto madalena (http://www.locamob.com.br/canto-madalena/details).
    Aliás, esse aqui está com um aspecto delicioso de dar água na boca!
    Muito obrigada pela receita :D

    ResponderExcluir
  18. Olá Kati!:)

    Descobri agora o teu blogue... e fiquei deliciada com esta receita! Não conhecia "escondidinho", que aspecto delicioso!:)
    Já estou a seguir-te. Convido-te a passares também no meu cantinho, a fazer uma visita (comecei há pouco tempo ainda). Serás muito bem-vinda!;)

    Beijinho,
    Olivia

    omundopelaboca.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Olivia! Obrigada pela visita e pelo carinho.
      Vou já te visitar!
      O nosso escondidinho brasileiro parece muito com o prato francês "hachis parmentier", que nada mais é do que uma camada de carne moída coberta com purê de batatas. A camada de carne pode ser charque, como eu mostro aqui, mas também carne moída, frango desfiado, ou algo parecido. E a camada de purê pode ser purê de batatas, de mandioca, e outras variações.
      Sinta-se em casa aqui no blog.
      Beijos

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...