sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Biscoito amanteigado com goiabada - Biscuits au beurre et à la pâte de goyage

Já faz muito tempo que eu tinha vontade de fazer biscoitos. Comprei cortadores e tudo! Mas nunca usei. Não para estes fins. Mas de qualquer forma, queria testar uma receita de biscoito.

Quando eu era pequena, eu sempre fazia biscoitos com a minha mãe nas tardes chuvosas. Era uma receita de biscoito 1 2 3. O que significa 100g de açúcar, 200g de manteiga e 300g de farinha de trigo. A receita funcionava razoavelmente bem. A gente abria a massa, cortava com o cortador de biscoitos (porque biscoito bonito de verdade é cortado com cortador, né?), depois comia tudo! A gente variava a forma, juntava chocolate, colocava miçangas coloridas em cima... era uma festa!

O problema era no dia seguinte, se ainda tivesse sobrado biscoito. Não sei se vocês conhecem esta receita, mas o biscoito 1 2 3 no dia seguinte é duro feito pedra. Eu lembro de uma vez que fizemos e eu levei para o colégio no dia seguinte. Quase quebrava um dente (exagero! mas nem tanto). Mas era tão bom...

Hoje quando eu penso em biscoitos, eu penso em cortadores, formas, sabores, cheiros, e principalmente, biscoitos macios desmanchando na boca. Então eu fui correndo procurar outra receita, porque definitivamente eu precisava achar uma receita melhor do que a de biscoito 1 2 3.

Nada contra biscoitos 1 2 3. Eles são deliciosos! Mas se você quiser comer nos dias seguintes, ou presentear, ou ainda quiser conservar todos os seus dentes, melhor procurar outra receita.

Ça fait longtemps que j'ai envie de faire de biscuits à la maison. J'ai même acheté des emporte-pièces avec des jolies formes, mais je ne les ai jamais utilisés. Il me manquait une bonne recette.


Quand j'étais petite, je faisais de biscuits à la maisons avec ma mère, lors des après-midi pluvieux. C'était une recette très très simples, de biscuits 1 2 3. Ça veut dire 1 part de sucre (100g), 2 parts de beurre (200g) et 3 parts de farine (300g). La recette fonctionnait à peu près bien. On pouvait abaisser la pâte avec un rouleau et couper les biscuits avec l'emporte-pièce, ce qui leur donnait une jolie forme de vrais biscuits. Et après, on les mangeait. Parfois on ajoutait du chocolat en poudre dans la pâte, ou on ajoutait des vermicelles de sucre ou de chocolat par dessus... c'était toujours une fête!



Mais le lendemain, on avait un problème avec les restes de biscuits. Si vous connaissez la recette, vous devez le savoir, mais je dis à ceux qui ne la connaissent pas: le lendemain, les biscuits 1 2 3 sont dure comme la pierre. Je me souviens de les avoir emportés au collège un jour, et d'avoir presque cassé les dents (oui, bien sur, j'exagère).



Aujourd'hui, pour moi des biscuits sont toujours ceux avec des belles formes données par l'emporte-pièce. J'adore l'odeur de biscuits sortant du four, et la texture des biscuits sablés qui fondent sous la dent. Mais pour cela, j'avais besoin d'une meilleure recette que celle de mes biscuits 1 2 3.



Je n'ai rien contre les biscuits 1 2 3, mais quand on veut les offrir, ou quand on veut les manger quelques jours plus tard, ou même pour être sur de garder toutes ses dents, il vaut mieux prendre une autre recette.


Eu procurei várias, umas que usam somente farinha de trigo, outras que usam parte de farinha de trigo, parte maisena. De acordo com os ingredientes que eu tinha em casa, resolvi fazer uma receita que usava somente farinha de trigo. Os ingredientes em geral são bem simples, e eu adorei o resultado.

No dia seguinte, ele continua macio, desmanchando na boca. A receita veio lá do blog Sabor no Prato, da minha querida Fabiana.

J'ai cherché des recettes sur internet, il y en a plusieurs avec de la farine de blé, d'autres avec de la fécule de maïs (ou farine de maïs, la Maïzena), qui remplace une partie de la farine de blé. Comme je n'avais que de la farine de blé dans mon placard, j'ai laissé tombé les autres recettes (je les reprendrai une prochaine fois). J'ai choisi celle-ci, qui vient du blog Sabor no Prato, avec des ingrédients très simples.


Le résultat a été fantastique, des biscuits craquants et fondants, qui se conservent très bien plusieurs jours.



Ingredientes:
200g de farinha de trigo
30g de açúcar
100g de manteiga derretida
1 colher (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de baunilha
30ml de leite
50g de avelãs trituradas (pode ser no processador, no liquidificador ou até com um martelinho mesmo)
não usei as avelãs desta vez, mas certamente usarei da próxima, substituí por cubinhos de goiabada

Ingrédients:
200g de farine de blé
30g de sucre
100g de beurre fondu
1/2 sachet de levure chimique
1 cuillère à café d'extrait de vanille
30mL de lait
50g de noisettes concassées (j'en n'ai pas utilisé, j'ai remplacé par des petits dés de pâte de goyave, que j'ai ramenée du Brésil, et des petits morceaux de noix)

Em uma tigela, misturar todos os ingredientes com as mãos até que a massa fique homogênea. Fazer bolinhas (eu deixei o cortador de biscoitos para uma próxima vez), colocar numa assadeira coberta com papel manteiga, achatar com a ponta do dedo, fazendo um buraquinho para colocar a goiabada. Levar ao forno médio (180°C) preaquecido, e deixar assar até que a parte de baixo fique dourada.

Lembrar que os biscoitos endurecem um pouco quando saem do forno (deixar esfriar totalmente sobre uma gradinha), por isso não esperem que eles fiquem muito dourados, senão ficarão muito duros (trauma! ehhehe).

Com a massa que sobrou, eu fiz uns palitinhos e coloquei um pedacinho de noz.

Dans un saladier, mélanger tous les ingrédients avec les mains jusqu'à ce la pâte soit bien homogène. Faire de petites boulettes avec la pâte (j'ai laissé tomber l'emporte-pièces), les poser sur une plaque couverte de papier cuisson. Abaisser la pâte au centre avec la pointe du doigt pour former un petit nid, et y poser un petit dé de pâte de goyave (ou un petit morceau de noix). Enfourner à 180° jusqu'à ce que le dessous (et surtout pas le dessus) du biscuit soit doré.


Les biscuits durcissent un peu quand ils refroidissent, donc il ne faut surtout pas les laisser colorer au four, sinon ils seront trop durs et secs. A la sortie du four, les laisser refroidir sur une grille.



Os biscoitinhos recém-saído do forno, esfriando sobre a gradinha. Confesso que preferi a versão com goiabada. Como a massa leva somente 30g de açúcar, o biscoito fica doce na medida certa para tomar com um café ou um chá, mas a goiabada deu um sabor todo especial!

Com nozes ficou bom também, mas depois da goiabada ele perdeu metade do charme.

Voici les biscuits tout juste sortis du four, en train de refroidir. J'avoue que j'ai préféré la version avec la pâte de goyave. Comme la pâte contient seulement 30g de sucre, les biscuits ne sont pas très sucrés. La pâte de goyave confère une petite douceur en plus. La version avec des noix n'a pas eu autant de succès chez moi.


Conservar os biscoitos numa caixa metálica, ou num pote hermeticamente fechado (guardar quando eles estiverem totalmente frios).

Fabiana, obrigada pela ótima receita. Agora que eu vi que os biscoitos são bem fáceis de fazer em casa e muito saborosos, vou variar os sabores! Quando eu descubro uma receita que funciona, não largo mais.

Fico pensando se eles ficam bons banhados no chocolate...

Les biscuits se conservent très bien dans une boîte métallique (attendre qu'ils refroidissent complètement).


Fabiana, merci pour la recette! Maintenant que je les ai testés et vu que c'est super simple de faire des biscuits à la maison, je vais tester la recette avec des petites variations. Je suis comme ça, quand j'aime une recette, je la refais jusqu'à me lasser.



J'imagine ces biscuits nappés de chocolat...pas vous??



Este post participa do passatempo do blog Mãos de Manteiga sobre as primeiras experiências culinárias.



Ce billet participe au passe-temps du blog Mãos de Manteigasur les premières expériences Culinaires.




29 comentários:

  1. Que biscoitinhos lindos!! Fiquei com vontade de fazer e colocar doce por cima!

    Beijinhos e bom fim-de-semana*

    ResponderExcluir
  2. Ontem também fiz biscoitinhos, só que os meus foram de canela.

    Esses de goiaba, são a cara da minha mãe. Eu adoro! Me lembra a infância.

    Bjuuu!!

    ResponderExcluir
  3. Biscoitinhos caseiros sao tao gostosos e práticos de fazer, que nao os troco pelos industrializados de forma alguma!!! E quando eles sao amanteigados e com um docinho de goiaba por cima, ficam realmente imbatíveis, iguais aos seus de hoje, parabéns pela linda receita!!!!Beijos e um lindo FDS

    ResponderExcluir
  4. Que belos biscoitos!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Kati,
    biscoitinhos cheios de histórias, fica melhor ainda.
    Amo fazer biscoitos aprendi tbm com a minha mãe.
    Os seus ficaram lindos!

    Bjs, bom fds ♥

    ResponderExcluir
  6. Ficaram tão lindos ,adoro goiabada e era capaz de comer uns quantos.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Hum...ficaram lindos e tão perfeitinhos!
    Bjs e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  8. Ficaram lindo, Kati... gosto muito de fazer bolachas e biscoitos! :)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Kati, adoro biscoitinhos, mas confesso que os meus nem sempre dão certo, as vezes funcionam, as vezes não, mas eu não desisto, um dia chego lá!! Muito legal a sua história, a culinária tem o poder de nos transportar para outros mundos e outros tempos, é bom demais e fazer biscoitinhos com a mãe, é uma lembrança que sempre faz muito bem né?!!
    Seus biscoitinhos ficaram perfeitos e com a goiabada, ainda melhores!!

    Beijinhos e um ótimo fds!!

    ResponderExcluir
  10. qUE BONITOS Y QUE RICOS ESTARAN, AHORA ME COMIA YO UNOS CUANTOS, BESOS

    ResponderExcluir
  11. Oi Kati,
    Voltei na minha infância , lendo sobre os biscoitos 1,2,3.Eles também fizeram parte da minha infância ,e como eu gostava...Gostaria de fazer mais vezes biscoitos, o problema, para mim , é o tempo. Mas gosto muito de faze-los e, mais ainda saborea-los.
    Esses com goiabada estão deliciosos.
    Bj e bom fim de semana,
    lylia

    ResponderExcluir
  12. Olá Kati, minha menininha linda!
    Ai meu DEUS que biscoitinhos mais saborosos, eu também!
    Amei a historia dos biscoitos 123,não conhecia, quantas recordações devem lhe trazer a mente, em?
    Agora fiquei om vontade de provar ambos!!!rsrs
    bjinhos carinhosos e um delicioso FDS. Re

    ResponderExcluir
  13. Ficaram uns mimos estes biscoitinhos! Posso imaginar como ficaram gostosos! Desejo um lindo fds! Bjo

    ResponderExcluir
  14. Olá Kati,
    Os biscoitinhos 123 não só ficaram encantadores como também muito saborosos (recordando tempos passados tem sabor especial), ótima receita.
    Bom final de semana, beijo,
    Vânia

    ResponderExcluir
  15. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
    Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
    siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir
  16. Esses biscoitinhos com goiabada são os meus favoritos. Seja qual for o formato. Tem um aqui no Brasil que é uma trouxinha, sabe? Vende em qualquer beira de estrada, padaria... Ahhh Também tem aquele da Piraquê, que é uma delicia. Ótima sugestão! Beijos, Paula

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paula, eu conheço uns biscoitinhos com goiabada dentro chamados de "beliscão" ou ainda "lolita". As "lolitas" são especialidades da minha tia, e a massa leva um pouco de queijo ralado. Vou pedir a receita a ela para fazer. Eu adoro tudo o que leva goiabada!!
      Beijos

      Excluir
  17. Deliciosos! Hummm
    Ah comprei um creme pra fazer chantilly, agora só me faltam os morangos que comprarei perto do meu trabalho na segunda (lá é mais barato). Sua receitinha não me escapa rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Obrigada pela participação! :D
    Nunca experimentei a receita de biscoito 1 2 3, mas esta reformulação parece bem melhor. Para além de deliciosos, ficaram bem bonitinhos :)
    Beijinhos e boa sorte!

    ResponderExcluir
  19. Ficou lindo!
    Que delicia

    Adorei o seu blogue
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Selene!
      Seja bem-vinda ao blog, e sinta-se em casa.
      beijos

      Excluir
  20. Oi, kati,

    O seu relato me fez rir, pois já publiquei a receita do biscoito 1, 2, 3. Mas sabe que os meus não ficam tão duros? O truque é assá-lo só 10 minutos, no forno pré aquecido. Eles saem do forno ainda um pouco moles e acabam de endurecer depois de frios. Os biscoitos 1, 2 3 são também conhecidos por "areias", rsrs. Já esses devem ter ficado muito bons!

    Um beijo e boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marly, querida!
      Não conhecia os biscoitos pelo nome de "areias".
      Acho que os nossos ficavam duros (somente no dia seguinte) porque assavam demais. Mas quase nunca sobrava para o dia seguinte!! hehehehe
      Sempre é bom testar outras receitas, esta aqui é bem fácil e os biscoitinhos são deliciosos!
      beijos

      Excluir
  21. Oi Kati. Fico feliz que tenha aprovado a receitinha. Ótima esta sua ideia de colocar goiabada. Ficaram super lindinhos, espero que você supere este seu trauma de biscoito durinho, rsrs :) Obrigada pelo carinho. Vou divulgar lá na Fanpage do blog, ok?

    Abraços. Fabiana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabiana,
      obrigada por ter compartilhado a receita conosco. Eu adorei!!! =)
      Meu trauma foi superado! Mas a minha vontade de fazer biscoitos ainda não passou. Em breve, publicarei outros.
      Fique à vontade para divulgar na Fanpage do blog.
      Beijos

      Excluir
  22. Adorei, estava procurando uma receitinha assim!!!
    Fabiola

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...