quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Salada de repolho refogado - Salade de chou cuit

Para aproveitar a outra metade do repolho que eu comprei e usei para esta Salada de Repolho ou Coleslaw, quis fazer uma salada diferente. A primeira usava repolho cru. Para esta, quis usar repolho refogado.

Eu posso parecer maluca de querer usar os ingredientes assim ou assado. Mas é que eu não tenho o hábito de comer repolho, e muito menos de cozinhá-lo. Mas quando eu tenho um ingrediente na cabeça (ou na geladeira), gosto de testar várias formas de preparo, até achar a minha forma preferida. E acho que não tem coisa melhor para aprender a gostar de um ingrediente (principalmente fruta e legume) do que provando de várias formas.

E como eu sou totalmente inexperiente para cozinhar repolho (que para mim era feito de duas formas: cru, ralado na salada, ou cortado em pedaços na sopa ou no cozido), aqui estão os meus resultados. A primeira salada Coleslaw ficou excelente, bem refrescante. A segunda, feita com repolho cozido, me impressionou. O sabor é totalmente diferente da primeira. E a mistura de bacon, maçã e passas deu um toque adocicado e levemente defumado ao prato. Totalmente aprovado.

Para esta salada de repolho refogado, eu me inspirei nos ingredientes encontrados nestas receitas aqui e aqui, retiradas do site da Sadia. Para refogar o repolho, usei as dicas da minha querida Vânia, do blog Guloso e Saudável.

Pour utiliser l'autre moitié du chou que j'ai acheté pour faire cette salade de chou et crudités, ou Coleslaw, j'ai voulu faire une salade différente. Dans la première, il y avait du chou cru. Pour celle ci-ci, j'ai voulu mettre du chou cuit.


Je peux paraître un peu folle de vouloir utiliser des ingrédients comme ci ou comme ça. Mais c'est parce que je n'ai pas l'habitude de manger du chou, encore moins de le cuisiner. Mais quand j'ai un ingrédient dans la tête (ou dans le frigo), j'aime le goûter de plusieurs façons, jusqu'à ce que je trouve ma façon préférée. A mon avis, il n'y a pas mieux pour apprendre à manger un ingrédient (surtout un légume ou un fruit) que de le goûter à toutes les sauces.



Comme je n'ai pas expérience pour cuisiner le chou (je ne connais que deux recettes: en salade de crudité ou alors dans la soupe ou pot au feu), je vous présente ici mes résultats. La salade de chou et crudités, ou Coleslaw était délicieuse, bien fraîche. La deuxième, avec le chou cuit, m'a impressionné. Totalement différente de la première, le mariage du chou avec une petite touche fumée des lardons et une petite touche sucrée des pommes a été parfait.



Pour faire cuire le chou, j'ai suivi les conseils de Vânia, ma collègue brésilienne du blog Guloso e Saudável. La recette de la salade a été un mélange de deux salades, celle-ci et celle-là.



Ingredientes:
1/2 repolho
1 maçã picada em cubos pequenos (mergulhar os cubos de maçã em uma tigela com água e suco de meio limão para não oxidar - usei a maçã com casca mesmo)
200g de bacon
nozes
passas
100mL de vinho branco

Retirar o talo do repolho e cortá-lo em tirinhas finas. Branquear o repolho por 5 minutos (cozinhar em água fervente com uma pitada de sal, escorrer e mergulhar em água gelada). Na mesma panela, fritar o bacon em sua própria gordura. Juntar as passas e deixar dourar bem. Adicionar as maçãs (escorrer o suco de limão e a água), mexer por mais 1 minutos. Juntar o vinho branco. Em fogo alto, mexer bem para retirar aquele fundo escuro grudado no fundo da panela. Quando a metade do vinho tiver evaporado, juntar o repolho e misturar bem por mais uns 2 minutos. Desligar o fogo, colocar a salada numa tigela e levar para gelar até o momento de servir.

Ingrédients:
un demi chou
1 pomme coupée en dés (couvrir les pommes avec de l'eau et du jus de citron pour éviter qu'elles noircissent)
200g de lardons fumés
noix, raisins secs
100mL de vin blanc sec (j'ai mis du sauvignon)


Enlever le cœur du chou et les couper en lamelles. Blanchir le chou (5 minutes dans l'eau bouillante avec un peu de sel, puis le refroidir dans un saladier avec de l'eau glacée). Dans une casserole, faire brunir les lardons sans ajouter de matière grasse. Ajouter les raisins secs et les laisser gonfler, sans remuer. Ajouter la pomme essorée et laisser revenir 1 minute. Déglacer au vin blanc en feu vif. Bien mélanger pour récupérer les sucs collés au fond de la casserole. Laisser réduire de moitié. Ajouter le chou essoré, et revenir encore 2 minutes. Retirer du feu, mettre dans un saladier, laisser refroidir, puis mettre au frais jusqu'au moment de servir.



14 comentários:

  1. Olá Kati,
    Adoro testar novas formas de preparar determinado ingrediente, esta ficou muito rica em sabores, certamente vou experimentar.
    Obrigada por me mencionar e pelo link.
    Beijo,
    Vânia

    ResponderExcluir
  2. Ola Kati, adoro repolho e gostei da tua sugestão. Vou leva-la comigo!
    Bjs

    Mariana

    ResponderExcluir
  3. Pues yo tambien tengo medio repollo en el frigo Katy, asiq ue mañana hago tu ensalada, que seguro esta muy buena, besos

    ResponderExcluir
  4. Que rica salada, deve ser mesmo uma maravilha.
    Nunca comi salada de repolho
    bj

    ResponderExcluir
  5. Oi Kati,
    Ficou uma salada deliciosa: bacon e maçã dão um toque todo especial ao repolho. Gostei.
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir
  6. Amei a dica e a receita, ficou uma delicia essa salada de repolho, Kati te seguindo gostaria de convidar você para conhecer o meu blog, fique com Deus beijos.
    Blog:Lucimar Estrela da Manhã

    Grupo:Divulgue seu blog no Facebook

    Fan Page

    Me encontre no Pinterest

    ResponderExcluir
  7. Oi Kati, que bom que estamos sempre aprendendo coisas novas e maneiras novas de preparos.Costumo dizer que é impossível se saber tudo por isso a vida é sempre um aprendizado.Seu repolho ficou lindo e certamente foi aprovado na sua casa.
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  8. Uma salada perfeita ao meu ver, tem tudo o que eu amoooo, principalmente o bacon hehe
    Já entrou pra minha lista de receitas a fazer!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Kati. Eu também costumo utilizar o repolho cru em saladas. Não sei se me adaptaria à ele refogado, mas este seu pratinho ficou com um ótimo aspecto!

    Abraços. Fabiana.

    ResponderExcluir
  10. Oi Kati, eu adoro repolho, já estou levando a receita.
    Agora vou te contar o que aconteceu comigo kkkk
    Como eu tenho curiosidade de experimentar um chucrute, resolvi fazer uma receita que vi na internet. A receita dizia que tinha que partir o repolho bem fininho, salgar e deixar n/pote de vidro por 1 semana p/depois terminar a receita.
    Eu segui direitinho, mas mesmo com o vidro fechado ficou um cheiro tão ruim na minha cozinha que eu tive que jogar fora, mas não vou desistir ...

    Bjssssssssss querida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dinha,
      o chucrute é feito com repolho fermentado. Foi isso que a tua receita mandava fazer. Ela fica na salmoura durante 1 mês na geladeira, depois é lavado e cozido com as carnes, batata e vinho. O cheiro é bem forte mesmo. Eu não sou fã de repolho fermentado, justamente pelo aroma. Se eu fosse você, ignorava essa parte de fermentação do repolho e fazia ele cozido com as carnes. O sabor deve ser mais suave.
      Beijos

      Excluir
  11. Huuuuuuuuuuuuum.....parece delicioso!!!
    Beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Une salade parfumée et colorée et surtout bien appétissante !

    ResponderExcluir
  13. Kati,très bom!!!!
    Diferente a forma de preparar repolho e vc tem razão variar até encontrar algo que combine com o nosso paladar é que faz a diferença na cozinha.
    Bjinhos mil. Re

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...